• Motoaction

Ducati fecha 2021 como o melhor ano da sua história



A Ducati concluiu um 2021 marcado por um recorde absoluto de vendas com um crescimento superior ao do mercado de referência.


Com um número recorde de 59.447 motocicletas entregues a clientes em todo o mundo, a Ducati obteve um aumento de vendas de + 24% em relação a 2020 (48.042) e + 12% em relação a 2019 (53.183).


Claudio Domenicali, CEO da Ducati: “2021 foi um ano mágico para a Ducati. Entregamos mais de 59.000 motocicletas, número nunca alcançado em 95 anos de história da empresa, conquistamos o título de Campeão do Mundo de Construtores de MotoGP pelo segundo ano consecutivo e iniciamos a era elétrica da nossa empresa com o protótipo V21L, que prevê a moto que vai correr no campeonato de MotoE a partir de 2023. A pandemia, que ainda está em curso, além de gerar tanto sofrimento, também tornou as atividades mais complexas, obrigando-nos a realizar uma reorganização interna contínua. As cadeias de suprimentos criaram atrasos na entrega pelos quais quero pedir desculpas a todos os Ducatisti, agradecendo a paciência. Apesar de todas essas dificuldades, o desejo de excelência que caracteriza os funcionários aqui em Borgo Panigale e em nossas subsidiárias ao redor do mundo nos ajudou a alcançar esses resultados recordes. Estamos investindo em um caminho de crescimento extremamente ambicioso que levará a empresa a melhorar ainda mais, em 2022 e além, entrando em novos segmentos de mercado. Com a DesertX teremos a partir deste ano uma proposta extremamente atrativa para os fãs de aventura, e outros projetos ambiciosos estão atualmente em desenvolvimento. Os valores centrais da marca – Estilo, Sofisticação, Performance e Confiança – estão mais atuais do que nunca. O crescimento futuro ocorrerá em conformidade com esses valores, oferecendo aos nossos clientes entusiasmados produtos cada vez mais representativos de uma mistura única de beleza, tecnologia e distinção, como o melhor do Made in Italy."


Em 2021 o crescimento da Ducati veio em todos os principais países, começando pelos Estados Unidos, que recuperou o lugar de líder de mercado para a Ducati com 9.007 unidades o que corresponde a um aumento de 32% em 2020, seguido pela Itália com 8.707 motos (+ 23% em 2020) e pela Alemanha com 6.107 unidades (+ 11% em 2020). O mercado chinês também cresceu, por ordem de importância, com 4.901 motos (+ 21%), a França com 4.352 (+ 12%) e o mercado britânico com 2.941 unidades (+ 30%).


Francesco Milicia, vice-presidente global de vendas e pós-vendas da Ducati: "Com 59.447 motocicletas entregues aos clientes, a Ducati bate um recorde histórico e mais uma vez reforça sua solidez, apesar das dificuldades encontradas em todos os setores devido à crise logística e de suprimentos. As vendas cresceram de dois dígitos em todos os principais países, dos Estados Unidos à Austrália, onde a nova subsidiária alcançou um aumento de 50%, resultado também de um trabalho extraordinário visando a melhoria contínua da rede global de vendas, tanto em termos quantitativos, com 84 novas concessionárias abertas durante 2021 nas cidades mais importantes do mundo, e em termos qualitativos, apostando na digitalização de processos e omnichannel para garantir à nossa Ducatisti uma experiência "inesquecível", que reflete plenamente os valores da empresa. Agora começamos 2022 com uma gama ainda mais completa, que já está recebendo elogios como demonstrado pela melhor carteira de pedidos de todos os tempos do ano."

O enorme sucesso obtido durante o ano é confirmado para a Multistrada V4, que foi de longe a moto mais vendida e amada pela Ducatisti em 2021 com 9.957 motos entregues aos clientes. Seguiu-se a família Ducati Scrambler 800 com 9.059 unidades e a Monster, que atingiu 8.734 motos vendidas.

Esses resultados foram alcançados apesar da situação imprevisível gerada pela crise que se arrasta há algum tempo no campo da logística e suprimentos. É uma situação muito volátil e está destinada a continuar ainda mais.

Para 2022, a Ducati apresentou ao público nove novos modelos durante a websérie Ducati World Première, ajudando a criar uma gama ainda mais completa, pronta para satisfazer os desejos de todos os tipos de motociclistas. As expectativas são particularmente altas para a DesertX, a moto Ducati projetada para enfrentar os off-roads mais exigentes com rodas dianteiras de 21" e traseiras de 18", curso de suspensão longo e ampla distância ao solo. Uma moto que leva a Ducati a um mundo totalmente novo, símbolo de como a marca pode alargar os seus horizontes sem perder as suas raízes e a sua identidade desportiva, como comprova a Panigale V4 que, no seu mais recente passo evolutivo, se torna o veículo mais próximo de um Moto de MotoGP que um motociclista pode pilotar










capa_moto_172_dez21.png
capa_guiamoto_jan21.png
capa_guiabike_jan21.png
capa_dirt_315_dez21.png
capa_bike_256_dez21.png
unnamed.jpeg