• Motoaction

Eric Granado disputa última etapa do Mundial de SuperBike


Foto Ricardo Santos/Mundo Press

Com o patrocínio da Honda Brasil, o piloto Eric Granado disputa pela primeira vez o Campeonato Mundial de SuperBike. O brasileiro participará da última etapa da temporada 2020 em Estoril, Portugal, entre os dias 16 e 18 de outubro, pela equipe satélite MIE Racing Honda Team, na principal categoria, a WorldSBK. Ele vai acelerar a moto CBR 1000RR-R Fireblade SP, novo modelo que estreou neste ano em competições.

Granado, de 24 anos, está bastante empolgado com essa oportunidade. “Quero agradecer a Honda Brasil por me dar a chance de ser um dos poucos pilotos do país a correr o Mundial de SuperBike. Será também meu primeiro contato com a CBR 1000RR-R Fireblade SP e estou muito feliz com isso”, declara o atual tricampeão do SuperBike Brasil e piloto do Mundial de MotoE (para motos elétricas). Ele também possui no currículo o título do Campeonato Europeu de Moto2, conquistado em 2017.

Embora novato no campeonato, Granado conhece o circuito português. “Já andei nessa pista, o que é um ponto positivo. Ganhei duas etapas do Europeu de Moto2 lá. Sei que a competição é de altíssimo nível e não tenho nenhuma expectativa de resultado”, ressalta o paulista. “Serei um piloto novo em adaptação, com uma moto nova em evolução. É mais um grande desafio na minha carreira. Espero que seja um fim de semana em que eu aprenda muito e que possa levar isso para o futuro”, completa o brasileiro. 

Granado terá ao seu lado em Portugal o chefe da equipe da Honda Racing Brasil de Motovelocidade, Reinaldo Campos – outro com bastante experiência internacional. Com isso, ambos não estarão presentes na quarta do SuperBike Brasil, marcada na mesma data, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). A Honda retornou nesta temporada para o Mundial de SuperBike após 18 anos de ausência na competição. A Team HRC, equipe de fábrica, conta com os pilotos Alvaro Bautista, da Espanha, e Leon Haslam, da Inglaterra. Bautista, que conquistou um pódio na quarta etapa, em Aragão, na Espanha, está em nono na classificação, seguido de Haslam. Além do time oficial, a Honda tem a equipe satélite MIE Racing Honda Team, representada pelo piloto japonês Takumi Takahashi. O Campeonato Mundial de SuperBike começou no fim de fevereiro, mas foi interrompido pelas paralisações devido à pandemia do coronavírus. Após a retomada, no final de julho, com o calendário atualizado, já foram realizadas sete etapas. O circuito de Estoril, em Portugal, receberá a decisão da temporada 2020.