• Motoaction

Honda CB 400 - A máquina da Honda


Em uma época em que motocicletas eram voltadas mais para o lazer do que para o transporte ou trabalho, modelos se tornaram verdadeiras lendas do motociclismo mundial. Nos anos 1970 um desses modelos foi a Honda CB 750 Four, que apresentamos anteriormente. Contudo, com mudanças por parte do governo na época, com a proibição de produtos importados, ela se tornou um produto de luxo e exclusivo e durante muito tempo os amantes dos modelos de média e grande cilindradas ficaram “A ver navios”.

Mas isso mudou em 1979, quando a Honda decidiu mudar essa situação e lançou o modelo CB 400, a primeira motocicleta nacional de média cilindrada. E já dá para imaginar o sucesso que este modelo teve, com filas enormes na porta das concessionárias da marca, que acabou acarretando cobrança de ágio. A história conta que o sucesso foi tão grande, que só mês do seu lançamento, já havia vendida toda a produção do ano. E até hoje ela é um ícone do motociclismo nacional.

Mas o que ela oferecia para seus clientes? O visual impressionava, com seu estilo moderno para a época, excelente acabamento, tanque de combustível imponente com capacidade de 17 litros, sistema de escapamentos com dois silenciosos, guidão baixo com apelo esportivo, chassi tipo diamond com motor fazendo parte da estrutura, aros de alumínio, rodas comstar (19 polegadas), freio dianteiro a disco e tambor na traseira, amplo assento entre outros atributos. O motor era um bicilíndrico, 4 Tempos, três válvulas por cilindro, 40 cavalos de potência a 9.500 rpm, torque de 3,2 kgfm a 8.000 rpm e 170km/h de velocidade máxima, dois carburadores de 32 mm, e refrigeração a ar.

É inegável o sucesso deste modelo no mercado nacional, e fez as vendas de motocicletas praticamente duplicarem no ano do seu lançamento. Diante desse sucesso, a Honda apresentou versões como a CB 400 II, com detalhes mais luxuosos, upgrade na potência (modelo CB 450), dois discos de freio na dianteira entre outras novidades. Ela passou a ser também a primeira superbike fabricada em Manaus. Em 2013 a Honda lançou para o mercado internacional a linha CB 400 (R, F e X) seguindo a linha CB 500, mas esses modelos não foram comercializados no Brasil. De qualquer forma, e como a CB 750 Four, aqui existem inúmeros clubes da CB 400, dos amantes deste primeiro modelo de média cilindrada produzida na fábrica em Manaus, com certeza um marco na história da Honda.