• Motoaction

MotoGP - Marquez volta a vencer


Marc Marquez/Honda

Neste fim de semana aconteceu mais uma etapa da MotoGP, na Alemanha, no circuito de Deuschland, e a prova foi marcada pela vitória do piloto da Honda, Marc Marquez, Ele não vencia uma prova à dois anos, sendo que na temporada passada abandonou o campeonato em virtude de uma lesão no ombro depois de queda ainda no início do ano. Miguel Oliveira da KTM foi o segundo colocado, seguido pelo líder da categoria Fabio Quartararo da Yamaha, Brad Binder da KTM e fechando os cinco primeiros, Francesco Bagnaia da Ducati.


O Liqui Moly Motorrad Grand Prix Deutschland foi um encontro emocionante desde o início, com a ameaça de chuva a pairar sobre o Sachsenring. Em um dos GPs mais emocionantes dos últimos anos, seria uma das histórias de retorno mais sensacionais do esporte, com o Rei do ringue Marc Marquez vencendo após 581 dias desde sua última. Miguel Oliveira lutou para desafiar Marquez, mas teve de se contentar com o segundo. Na volta 9, a bandeira branca foi hasteada, junto com a bandeira branca com a cruz vermelha, indicando que estava chovendo e que se os pilotos quisessem, eles poderiam entrar nos boxes e trocar de bicicleta e, assim, pneus. Neste momento, Marquez começou a abrir espaço para o adversário, pois arriscou tudo para apostar no pelotão perseguidor, liderado por Aleix Espargaro, embora o piloto da Aprilia agisse como uma rolha na garrafa, já que os adversários faziam fila atrás dele. Marquez saltou na frente. No entanto, em breve, Jack Miller (Ducati) e depois Miguel Oliveira passariam.


Mas as emoções estavam apenas começando quando uma das maiores reviravoltas do esporte estava prestes a ser concluída. Depois de todo o trabalho árduo para estar em forma novamente, para voltar a correr e ir em busca de mais sucesso no MotoGP, a volta de Marc Marquez ao topo estava completa e a espera acabou. Do outro lado da linha, Márquez conquistou sua primeira vitória desde Valência em 2019 para finalmente subir não apenas ao pódio novamente, mas para ficar no degrau mais alto. Foi um esforço valente de Miguel Oliveira, que conseguiu um segundo impressionante, o seu terceiro resultado consecutivo nos dois primeiros, enquanto o terceiro lugar foi para Fabio Quartararo, que lutou para aumentar a liderança do Campeonato para 22 pontos sobre Johann Zarco.


Na Moto2 vitória do líder, Remy Gardner, seguido por Aron Canet, Marco Bezzecchi, Fabio Di Giannantonio e Sam Lowes. E o líder da categoria Moto3 Pedro Acosta foi o vencedor desta etapa, seguido por Kaito Toba, Dennis Foggia, Jeremy Alcoba e Andrea Migno. A próxima etapa acontece no dia 27 de junho no circuito de Assen, na Holanda.