• Motoaction

Mundial de Superbike - Razgatlioglu é o mais rápido nesta sexta-feira


Neste final de semana acontece a abertura do Mundial de Superbike na Esapnha, no circuito de Aragon. E na segunda sessão dos treinos livres desta sexta-feira (21/05) o britânico Chaz Davies foi o mais rápido, com 1min50s400, com o imbatível Jonathan Rea da Kawasaki em segundo, Scott Redding da Ducati em terceiro, Alvaro Bautista da Honda em quarto e fechando os cinco primeiros, o companheiro de Bautista, Leon Haslam. O piloto da BMW, Micahl Van der Mark acabou sofrendo uma queda forte.


Na categoria Supersport, Niki Tuuli da MV Agusta fez o melhor tempo com 1min54s936, seguido por Steve Odendaal da Yamaha em segundo e Jules Cluzel, também de Yamaha em terceiro. Na Supersport 300, o mais rápido nesta segunda sessão dos treinos livres, Yuta Okaya da Kawasaki fez o melhor tempo com 2min08s285, seguido por Adrian Huertas (Kawasaki) e o brasileiro Ton Kawakami da Yamaha em terceiro. Seu irmão Meikon ficou com a 12a. posição.


Razgatlioglu é o mais rápido na geral - Um primeiro dia frenético da temporada do Campeonato Mundial de Superbike MOTUL FIM de 2021 forneceu inúmeras histórias e manchetes, com o tão esperado início da temporada não decepcionante. Nos tempos combinados, foi Toprak Razgatlioglu (Pata Yamaha com BRIXX WorldSBK) que se defendeu de um voador Chaz Davies (Equipe GoEleven) e Garrett Gerloff (GRT Yamaha WorldSBK Team).


Toprak Razgatlioglu garantiu o primeiro lugar da manhã, com a Yamaha a encontrar boa forma na sessão da manhã nas condições mais frescas. O piloto turco tem lutado historicamente em Aragon, tal como a Yamaha, e com as temperaturas mais altas da tarde, caíram mais uma vez. Razgatlioglu foi o mais rápido na geral nos tempos combinados, mas os Independentes também estiveram em boa forma na sexta-feira.


Chaz Davies (Team GoEleven) terminou em segundo no geral, também levando as honras da Ducati. O britânico também esteve em grande forma na sessão da tarde e é o mais consistente em todos os momentos do dia, um possível sinal do que está por vir ao longo do resto do fim-de-semana. Juntando-se a ele entre os três primeiros estava o americano Garrett Gerloff (GRT Yamaha WorldSBK Team), com o texano pegando fogo pela manhã, mas no final dos dez primeiros à tarde. Em terceiro lugar, é um começo forte para Gerloff.


Alex Lowes (Kawasaki Racing Team WorldSBK) liderou o comando dos Kawasakis, depois de liderar a sessão da manhã em alguns pontos antes de terminar em quarto, enquanto era sexto na tabela de tempos na tarde mais quente. O companheiro de equipe campeão em título Jonathan Rea foi apenas o quinto após a sessão de abertura, mas, ao contrário de Lowes, assumiu o controle do ataque de Kawasaki à tarde, terminando em segundo. Os dois pilotos da Kawasaki testaram o pneu SCX à tarde, um grande ponto de discussão ao longo de sexta-feira. Com Lowes e Rea em quarto e quinto lugar, respectivamente, espera-se que eles melhorem no sábado.


A equipe Aruba.it Racing - Ducati teve um dia de ação bastante modesto no MotorLand Aragon. Michael Ruben Rinaldi foi o sexto geral na tabela de tempos e confiou no seu tempo FP1 da manhã, enquanto Scott Redding foi apenas 11o. na manhã, mas reduziu meio segundo de seu tempo à tarde, colocando-o em sétimo no final do dia. Muito trabalho a fazer para a Ducati de fábrica, mas eles foram vencedores em Aragon em 2020, então eles têm potencial para se recuperar.


Foi uma sexta-feira mista de volta à ação para o Team HRC, com Alvaro Bautista em quarto na FP2, mas apenas em oitavo nos tempos combinados, enquanto Leon Haslam estava um lugar atrás dele na FP2 em quinto, mas décimo no geral. Bautista e Haslam trabalharam bem ao longo de sexta-feira e estarão ansiosos por mostrar a sua força num circuito onde alcançaram o pódio em 2020. Ambos os pilotos tentaram usar o pneu SCX ao longo da tarde, talvez o contemplando como uma possível opção de corrida para amanhã, apenas como Bautista fez no ano passado.


Na BMW, era Tom Sykes (BMW Motorrad WorldSBK Team) que exibia a bandeira, mas apenas em seu tempo no FP1 pela manhã. Ele foi o nono geral, embora o companheiro de equipe Michael van der Mark tenha tido um primeiro dia tórrido, ao bater na Curva 8, trazendo a Bandeira Vermelha. Ele estava bem, mas perdeu o resto da sessão, deixando-o na 11ª posição geral e completando apenas 19 voltas, o menor número de todos ao longo do dia. Os outros BMWs também estavam lutando, com Jonas Folger (Bonovo MGM Racing) em 14º e Eugene Laverty (RC Squadra Corse) em apenas 16º.


Os cinco primeiros após o primeiro dia de ação do Mundial de Superbike no MotorLand Aragon:


1.Toprak Razgatlioglu (Pata Yamaha com BRIXX WorldSBK) 1’49.952s

2.Chaz Davies (Equipe GoEleven) + 0.308s

3.Garrett Gerloff (GRT Yamaha WorldSBK Team) + 0,490 s

4.Alex Lowes (Kawasaki Racing Team WorldSBK) + 0,546 s

5.Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team WorldSBK) + 0.738s


O piloto finlandês, Niki Tuuli liderou as duas sessões de treinos livres no MotorLand Aragon na categoria Supersport, já que ele espera adicionar imediatamente à sua contagem de vitórias em corridas em seu retorno ao campeonaato, registrando um tempo de 1'54.394s na sessão de treinos livres da manhã. Odendaal foi o segundo colocado na geral do dia, com Phillipp Oetti da Kawasaki em terceiro. Abaixo os cinco primeiros nos treinos desta sexta-feira.


1.) Niki Tuuli (MV Agusta Corse Clienti) 1’54.394s

2.) Steven Odendaal (Evan Bros. WorldSSP Yamaha Team) +0.073s

3.) Philipp Oettl (Kawasaki Puccetti Racing) +0.434s

4.) Jules Cluzel (GMT94 Yamaha) +0.653s

5.) Federico Caricasulo (GMT94 Yamaha) +0.687s


Na geral da Supersport 300 (com dois treinos livres), o mais rápido foi Unai Orradre da Yamaha, seguido por Tom Booth-Amos (RT Kawasaki) e Jeffey Buis (MTM Kawasaki)


  1. Unai Orradre (Yamaha MS Racing) 2’06.814s

  2. Tom Booth-Amos (Fusport – RT Motorsports by SKM – Kawasaki) +0.573s

  3. Jeffrey Buis (MTM Kawasaki) +0.972s

  4. Dorren Loureiro (Fusport – RT Motorsports by SKM – Kawasaki) +1.077s

  5. Samuel di Sora (Leader Team Flembbo) +1.086s