• Motoaction

O futuro


A Honda se concentra em três áreas: mobilidade, robótica com foco em Inteligência Artificial e soluções de energia, a fim de proporcionar alegria e liberdade de mobilidade e alegria de melhorar as vidas das pessoas.

Na área de pesquisa com robôs humanóides, a Honda vem desenvolvendo o ASIMO, para realizar o sonho de que seja útil e de ajudar a enriquecer a vida cotidiana das pessoas. Assim, a Honda estabeleceu o termo Honda Robotics para representar suas tecnologias de robótica e produtos criados por meio de sua pesquisa e desenvolvimento do robô humanóide representado pelo ASIMO.

Resultantes da aplicação da tecnologia bípede e tecnologia de controle de equilíbrio acumuladas, foram desenvolvidos outros dispositivos. Por exemplo, o Walking Assist (ou Andador Assistente) ajuda as pessoas que apresentam músculos das pernas enfraquecidos a andar; o Bodyweight Support System reduz a carga nas pernas ao suportar parte do peso corporal; e o UNI-CUB é um dispositivo compacto de mobilidade com tração nas quatro rodas e que se movimenta livremente em todas as direções. Já o High-Access Survey Robot e o Task-Performing Robot Arm foram projetados para serem utilizados em locais perigosos ou não seguros para o trabalho de pessoas.

ASIMO - A Honda vem desenvolvendo o ASIMO com o objetivo de desenvolver robôs que coexistam e sejam úteis para as pessoas, isso desde sua introdução em 2000. Em 2011 foi introduzida a primeira tecnologia de controle de comportamento autônomo do mundo.

ASIMO é acrônimo de "Advanced Step in Innovative Mobility", ou mobilidade inovadora em era avançada, numa tradução livre. A

versão mais recente (2011) tornou-se mais autônoma, capaz de comportamento contínuo sem operação humana. Com capacidade adaptativa bastante aprimorada, tanto na inteligência quanto fisicamente, o ASIMO se aproximou um pouco mais do uso prático em espaços públicos e ambientes de escritórios com muita gente.

Uma tecnologia fundamental para inteligência avançada avalia de maneira abrangente as informações recebidas de vários sensores, equivalentes aos sentidos visuais, auditivos e táteis de um ser humano, depois estima a situação do ambiente circundante e determina o comportamento correspondente do robô.

Assim, tornou-se capaz de responder ao movimento das pessoas e às situações do meio. Por exemplo, ele interromperá sua ação e mudará seu comportamento para acomodar a intenção da outra parte.

A coordenação entre os sensores visuais e auditivos permite reconhecer simultaneamente uma face e uma voz, com o ASIMO reconhecendo vozes de várias pessoas que o falam simultaneamente, o que é difícil até mesmo para um ser humano.

Também é capaz de prever a direção que uma pessoa seguirá nos próximos segundos com base nas informações de sensores espaciais predefinidos e rapidamente seguir um caminho alternativo para evitar a colisão com a pessoa.

O ASIMO pode correr, correr para trás e pular com uma perna ou duas pernas continuamente. Capaz de fazer movimentos ágeis, adapta-se de maneira mais flexível às mudanças das situações externas, de modo que pode, por exemplo, andar sobre uma superfície irregular mantendo uma postura estável.

A Honda desenvolveu uma mão com dedos, compacta e altamente funcional, que possui um sensor tátil e um sensor de força embutido na palma da mão e em cada dedo. Combinada com a tecnologia de reconhecimento de objetos, baseada em sentidos visuais e táteis, essa mão realiza tarefas com destreza, como pegar uma garrafa de vidro e retirar sua tampa ou segurar um copo de papel mais delicado para que seja despejado um líquido qualquer sem esmagá-lo. Também é capaz de criar expressões em linguagem de sinais que requerem o movimento complexo dos dedos. Demais, não?

UNI-CUB

Introduzido pela primeira vez em maio de 2012, este dispositivo de mobilidade pessoal tem tecnologia de controle de equilíbrio e um sistema de volante omnidirecional (Honda Omni Traction Drive System), que se originou da pesquisa da Honda em robôs humanóides. Em 2013, a Honda apresentou o UNI-CUB Beta, que se tornou utilizável para uma gama maior de pessoas.

WALKING ASSIST

Esforçando-se para oferecer a alegria da mobilidade a mais pessoas, a Honda iniciou a pesquisa e o desenvolvimento do Walking Assist em 1999. Assim como o ASIMO, ele adota a tecnologia de controle cooperativo, desenvolvida com base no estudo cumulativo da Honda do andar humano. Sua função é influenciar o usuário a obter um andar eficiente com base no modelo de pêndulo invertido, que é uma teoria de caminhada.

r