• Motoaction

Royal Enfield na Argentina


A Royal Enfield, anunciou que iniciará a montagem local de motocicletas na Argentina em parceria com o Grupo Simpa, distribuidor local da Royal Enfield no país desde 2018. Este é um anúncio significativo, pois esta será a primeira vez na história moderna da Royal Enfield que motocicletas serão montadas e produzidas fora das instalações de manufatura da empresa em Chennai, Índia.


A Argentina está entre os maiores mercados de motocicletas de médio porte da América Latina. Royal Enfield iniciou operações de varejo na Argentina em março de 2018, com sua primeira loja em Vicente Lopez, Buenos Aires. Desde então, a empresa expandiu sua rede de varejo no mercado e hoje possui 5 lojas exclusivas na Argentina. No geral, a Royal Enfield tem 31 lojas exclusivas e 40 outros pontos de contato de varejo em todos os países da América Latina.

A unidade de montagem local na Argentina será baseada nas instalações do Grupo Simpa, localizadas em Campana, Buenos Aires. Para começar, a fábrica montará localmente três modelos de motocicletas - a Royal Enfield Himalayan, a Interceptor 650 e a Continental GT 650 - a partir deste mês.


Falando sobre o anúncio, o Sr. Vinod K Dasari, CEO da Royal Enfield, disse: “A Royal Enfield tem trabalhado continuamente para crescer e expandir o segmento de motociclismo de peso médio globalmente e também para aumentar nossa presença em importantes mercados globais. Nos últimos anos, aumentamos nossa presença internacional significativamente e agora temos ampla presença no varejo em 60 países. Com uma visão estratégica para atender à demanda crescente e obter vantagem significativa no mercado, temos buscado nossos planos para estabelecer unidades de montagem locais em mercados específicos na região da Ásia-Pacífico e na América do Sul. No primeiro deles, temos a grande satisfação de anunciar a primeira montadora CKD na Argentina ”

“Este lançamento é uma façanha porque é a primeira vez que a maior empresa do mundo neste

segmento de motocicletas começa a confiar na Argentina, e porque esse avanço foi feito durante a pandemia que dificultou absolutamente tudo” Alberto Fernández

Comentando especificamente sobre o foco na Argentina como mercado, Vinod K Dasari também disse: “A Argentina e outros países da América do Sul têm sido um mercado importante para a Royal Enfield. Desde que começamos as vendas desde 2018 na Argentina, temos recebido uma resposta retumbante dos consumidores às nossas motocicletas. O terreno e a topografia locais criam a tela perfeita para pilotar nossas motocicletas, especialmente a Himalayan. O sucesso inicial das motocicletas Twin 650 também foi muito encorajador. Estamos profundamente empenhados em nos concentrarmos em nos tornarmos parte da rica cultura do motociclismo do país. Nossa decisão de começar a montar nossas motocicletas na Argentina é uma prova do nosso compromisso de longo prazo e do aumento da

confiança no mercado ”

Brasil, Argentina e Colômbia estão entre os três mercados mais importantes para a Royal Enfield na América Latina. Além da Índia (o maior mercado para a marca com mais de 900 concessionárias), as motocicletas Royal Enfield alcançam consumidores e entusiastas em mais de 60 países em todo o mundo, por meio de 660 concessionárias e 82 lojas de marcas exclusivas em cidades nodais como Milwaukee, Londres, Paris, Madrid, Barcelona, Melbourne, São Paulo, Bogotá, Medellin, Cidade do México, Buenos Aires, Dubai, Bangkok, Jacarta, Manila e Ho Chi Minh City. Importante dizer que esse CKD na Argentina não interfere em nada na atual operação Royal Enfield do Brasil que continua a importação de suas motocicletas da Índia.

.