• Motoaction

Yamalube R3 bLU cRU CUP South America - Abertura com grandes disputas


Foto: LZ Photos

A sexta temporada da Yamalube R3 bLU cRU Cup - South America, realizada entre 4 e 6 de junho no Circuito dos Cristais, em Curvelo, Minas Gerais, começou da melhor forma: com grid cheio e repleto de disputas de tirar o fôlego.

Com patrocínio da Yamaha Racing Brasil e realização da AD78 Team Brasil, a R3 Cup estreou um novo formato. O Grid, que no ano passado era formado por 35 pilotos, cresceu para 48 pilotos nas faixas etárias de 12 a 63 anos, e passou a ser dividida nas categorias Talent e R3, com corridas separadas.

SUPERPOLE Na categoria Talent, composta por 27 pilotos com idade entre 12 e 22 anos, a ansiedade dos pilotos pelas disputas na pista foi saciada na manhã do sábado, ao disputarem a Monster Energy Super Pole. Enzo Maccapani, de apenas 17 anos, voou baixo com sua YZF-R3 e obteve o tempo de 2:10.543 Na R3, com 21 pilotos cuja faixa etária dos participantes é maior, acima dos 23 anos, o mais rápido foi Guilherme Soares, piloto de numeral 911, com o tempo de volta de 2:12.847. CORRIDA 1 No mesmo dia, disputada no período da tarde, a Corrida 1 da etapa exigiu resistência das motos, pilotos e pneus, já que o calor foi grande, com temperatura em torno dos 33 Graus, umidade relativa do ar baixa e vento com velocidade de 6 km/h. A primeira categoria foi a da Talent. Os pilotos Enzo Valentim, Facundo Mora, Kevin Fontainha, Gustavo Manso, Caique Lanna e Enzo Maccapani protagonizaram disputas incríveis, constantemente alternando a liderança. Ao final, venceu de Enzo Valentim, que seguiu a estratégia de guardar pneus e fôlego para as voltas finais. Facundo Mora, o jovem e simpático piloto argentino, de apenas 15 anos, foi o segundo colocado e Kevin Fontainha o terceiro. Os pilotos da Categoria R3 fecharam as emoções do sábado. Desde a primeira volta, o Campeão da temporada 2020 na Categoria Pro, Rafael Rizada, Guilherme Soares e Hebert Pereira deram um verdadeiro show, se distanciando dos demais. Mesmo machucado em função de um tombo nos treinos, Hebert botou pressão sobre Guilherme Soares, que recebeu a bandeirada com apenas uma moto de distância em relação a Hebert Pereira. Rafael Rizada ficou em terceiro lugar, conquistando importantes pontos para o campeonato. CORRIDA 2 Novamente sob um forte calor, os pilotos da Yamalube R3 bLU cRU CUP South America encaram as curvas de Curvelo ávidos pela vitória. Prova disso é que na categoria R3, a primeira a ser disputada no domingo, Guilherme Soares novamente venceu, dessa vez, sem dar chances aos adversários. Guilherme imprimiu um forte ritmo desde as primeiras voltas e se isolou na ponta. Repetindo o resultado da corrida do dia anterior, Hebert Pereira e Rafael Rizada completaram o pódio da categoria R3. Correndo pela primeira vez no Brasil, o piloto Peruano Diego Martinez fez bonito na Categoria R3. Depois do sexto lugar alcançado na corrida 1, Diego já mais familiarizado com o Circuito dos Cristais conquistou um honroso quarto lugar. Willians Piui foi o quinto colocado, seguido de Jesus Bryan, mais um piloto integrante da Equipe Peruana com Apoio da Yamaha Perú a fazer bonito em Curvelo. Fechando o final de semana de estreia da Yamalube R3 bLU cRU CUP South America na temporara 2021, a corrida 2 da Talent fez o público que assistiu a corrida pelo Youtube e Facebook da Yamaha Racing Brasil, e também pela Band Sports, roer unhas. Graças ao pelotão formado por 7 pilotos, que volta a volta alternavam as posições e a liderança, tornando impossível apontar um favorito até a última volta. E por falar em última volta, foi justamente nela que Gustavo Manso assumiu a ponta e cruzou a linha de chegada com Caique Lanna, o segundo colocado, grudado em sua moto. Junto à dupla, os outros pilotos que formaram o pelotão concluíram a corrida com Kevin Fontainha em terceiro, Enzo Valentim em quarto e Fabio Florian, Kaká Fumaça e Enzo Maccapani respectivamente em quinto, sexto e sétimo lugares. A segunda rodada da Yamalube R3 bLU cRU Cup South America já tem data e local para acontecer. Dias 25, 26 e 27 de junho em Goiânia, Goiás. Toda cobertura também está disponível no Instagram Yamaha Racing Brasil e no Giro Azul no site www.yamaha-racing.com.br. Para assistir as disputas emocionantes da R3 Cup também é fácil. Basta acessar a página da Yamaha Racing no YouTube. A R3 Cup conta com o patrocínio da Yamalube, Banco Yamaha, Eneos, Alemão Pneus, Nacar, Ello, Pirelli, NGK, bLU cRU, 2MT, LS2, AD78, iPlantForest, e apoio da Flip Racing, Jeskap, Retroglass, Design, CZ Chain e Hel. Confira o calendário de provas: 1ª rodada / 4 a 6 de junho – Curvelo, Minas Gerais 2ª rodada / 25 de junho – Goiânia, Goiás 3ª rodada / 30 de jun. a 1º de agosto – Cascavel, Paraná 4ª rodada / 29 a 31 de outubro – Curvelo, Minas Gerais 5ª rodada / 26 a 28 de novembro – Goiânia, Goiás MAIS SOBRE A YAMALUBE R3 bLU cRU CUP SOUTH AMERICA A 3 Cup está fazendo história no Brasil e prestando uma grande contribuição à motovelocidade nacional. O profissionalismo e o mesmo padrão que a categoria tem em outros países, pode ser visto na R3 Brasileira de várias formas, a começar pelo suporte total aos pilotos, desde o sorteio das Yamaha YZF-R3 ABS em condições iguais de uso, garantindo igualdade e transparência na competição, aos equipamentos de segurança, como capacete e macacão, e até mesmo ao auxílio mecânico. Para promover essa igualdade e o real talento, as Yamaha YZF-R3 utilizadas na categoria são rigorosamente iguais. Além disso, os pilotos só têm acesso às motos após um sorteio que determina qual moto ele utilizará no início dos treinos classificatórios, evitando assim qualquer tipo de adulteração e impedindo que os pilotos voltem a utilizar a mesma moto. Mesmo frente às restrições impostas por conta da Pandemia do Covid-19, que infelizmente impossibilitou o público de acompanhar presencialmente as etapas da Yamalube R3 bLU cRU Cup em 2020, a categoria continuou seu processo de evolução, alcançando um nível de profissionalismo inédito no país e se tornando referência entre os pilotos e imprensa especializada. O maior exemplo disso é que na R3 Cup, como nenhuma outra categoria no Brasil, os pilotos participantes recebem importantes ensinamentos para seguirem evoluindo no esporte, com estrutura compatível com as existentes nas melhores equipes da Europa e Estados Unidos. O Yamaha fornece as motocicletas YZF-R3 prontas para a corrida, incluindo pneus, combustível, supervisão e assistência técnica. Além disso, oferece suporte de mecânicos da Yamaha Racing Brasil, engenheiro de telemetria, estrutura de box, transporte e manutenção das motos, Serviços de suporte para limpeza dos capacetes LS2 e ajustes dos macacões 2MT e seguro (opcional) para reposição de peças em caso de queda. Tudo incluso no valor de R$ 18 mil pela temporada completa, um preço muito acessível para os padrões dos esportes a motor. Outra iniciativa da R3 Cup que ganhou destaque em 2020 e segue na temporada 2021 diz respeito à sustentabilidade. Todo o gasto de carbono, desde o combustível consumido nas etapas até a logística e transporte das motos nas 20 corridas do campeonato serão compensados em parceria com a iPlantForest, que realiza o reflorestamento em larga escala, possibilitando a recuperação de áreas degradadas ou o plantio de novas áreas com o objetivo de neutralizar o carbono emitido. Até mesmo na Europa, onde o Programa bLU cRU tem enorme sucesso e tradição nos campeonatos de motovelocidade, a Copa organizada pela Yamaha Racing Brasil junto ao Campeonato Brasileiro de Motovelocidade ganha visibilidade por conta da revelação de talentos que disputam as provas por lá, como Ton Kawakami e Meikon Kawakami. E é justamente neste acesso a campeonatos no exterior que está a maior premiação da R3 Cup 2021. Os melhores do ano terão subsídio na inscrição da R3 bLU cRU European Cup. Ao vencedor da temporada, o prêmio corresponderá a 60% do valor da inscrição, enquanto para o vice-campeão, o prêmio será de 40% do valor da inscrição















Posts recentes

Ver tudo
capa_moto_171_novembro21.png
capa_guiamoto_jan21.png
capa_guiabike_jan21.png
capa_dirt_314_nov21.png
capa_bike_255_nov21.png
940x94.jpg