Eric Granado vence novamente

 

Marcos (a esq.) e filho, Odair, Eric e Fabio

 

Neste domingo (01/12) aconteceu a final do Superbike Brasil, no circuito Jose Carlos Pace, em Interlagos (SP). A equipe Honda Racing comemorou o sétimo título de sua história na categoria principal do SuperBike Brasil, com direito a dobradinha. Acelerando a motocicleta CBR 1000RR Fireblade SP, Eric Granado faturou o terceiro título consecutivo da SuperBike Pro neste domingo (1/12), na pista do Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), após vencer as duas corridas válidas pela etapa final do campeonato. Pedro Sampaio confirmou o segundo lugar nas provas e garantiu o vice-campeonato da temporada 2019. 
 

Consistente, a campanha de Granado contou com nove vitórias em 11 corridas realizadas, não deixando dúvidas de que o piloto é o principal nome da motovelocidade nacional na atualidade. “Foi uma temporada incrível, estou muito feliz. Fechamos o ano com um show maravilhoso em Interlagos e os outros pilotos também estão de parabéns. Quero agradecer a equipe Honda Racing, os patrocinadores, familiares e amigos pelo ano perfeito, os que estão ao meu redor sabem o quanto essas vitórias envolvem sacrifício e dedicação. Temos um conjunto de pessoas dando o máximo sempre e o resultado é fruto de todo esse trabalho”, afirma o piloto. 

 

O gaúcho Pedro Sampaio chegou a Interlagos em quarto na tabela da categoria SuperBike Pro e, após o segundo lugar nas duas corridas da final, garantiu o vice-campeonato do SuperBike Brasil. O feito só foi possível com a performance na última bateria, na qual Sampaio, então em quarto lugar, fez duas ultrapassagens nos momentos finais da disputa. A última delas, na Curva do Café, a poucos metros de levar a bandeira quadriculada, deixou o gaúcho com apenas 108 centésimos de segundo de vantagem sobre Danilo Lewis, que acabou na terceira colocação da prova. 
 

“Fechamos a última etapa com chave de ouro, com dobradinha para a equipe Honda Racing. A meta para a etapa final era buscar esse vice-campeonato. Fui avançando para a frente na corrida, passo a passo. Eu sabia que estava mais rápido e deixei a ultrapassagem sobre o Danilo Lewis para a última volta - e deu tudo certo. Sou o vice-campeão da SuperBike Pro e quero agradecer a todos que me apoiaram durante o ano: família, equipe, amigos e patrocinadores. Agora é hora de comemorar muito e se preparar para o ano que vem, porque tem muito mais por aí”, finaliza Sampaio.

 Firmo Henrique (a esq.) presidente da CBM e Bruno Corano (a dir.) organizador da prova

 

Antes dessa prova o segundo colocado era Alexandre Barros, que apesar de participar dos treinos conquistando o segundo melhor tempo, decidiu ficar de fora da prova, conforme nota dos organizadores, sem esclarecer o motivo, mas que segundo alguns comentaram deu-se em virtude do seu recurso aparentemente ter sido recusado pelo Supremo Tribunal Federal.  


Rodrigo Dazzi, da Ello Racing, que venceu a primeira bateria da SuperBike Extreme, garantiu o título da categoria com um segundo lugar na segunda sessão. No outro grid das 1000cc, Bruno Corano faturou a vitória e ficou com o título brasileiro da SBK Evolution. A corrida também confirmou as conquistas de Cris Nogueira (Evo Master) e Guto Figueiredo (SuperStock).Entre as motos 600cc, a Kawasaki foi dominante na temporada. Matheus Barbosa (#260), campeão da categoria SuperSport, ficou a apenas três pontos à frente de Leo Tamburro (#53). Companheiro da dupla na equipe, José Duarte foi o terceiro.

 

O paraguaio Pedro Valiente conquistou a SuperSport Extreme. Rubens Bosch levou a SuperSport Master. Mauricio Marques já havia vencido na Stock 600cc.A última etapa da história da categoria Copa Honda CBR 500R teve um final para lá de emocionante. Os dois pilotos que disputavam o título foram os primeiros colocados da 9ª etapa, separados por apenas 0s056. Raphael Ramos (#90), da equipe MotoSchool Racing Team, levou a melhor, com Fábio Florian (#88) em segundo guiando moto da Qatar Racing Team Brasil.A categoria deixa de existir em 2020, já que a motocicleta deixará de ser fabricada. Em seu lugar, o SBK Brasil e a Honda farão a Copa Honda CBR 650 R.Nada mais, nada menos que oito pilotos chegaram no mesmo décimo na corrida da categoria Yamalube R3 Cup. O vencedor geral foi Kaywan Freire (#36). O título da monomarca da Yamaha ficou com Gui Brito (#44).

 

Na R3 Stock, Humberto Turquinho (#12) foi o campeão.João Teixeira (#14) foi o grande campeão da Honda Junior Cup 2019. O jovem piloto coroou a grande temporada ao ser o primeiro a cruzar a linha de chegada na 9ª e última etapa do campeonato.A corrida da categoria Escola foi vencida por Fábio Queiroz (#25), da Ello Racing. O grande campeão da temporada, porém, foi Rafael Palmieri (#889), da Paulinho SuperBikes.A última corrida do SuperBike Brasil em 2019 acabou com decisão de título de maneira emocionante. Victor Simões (#598), da SPN Racing – 598, sagrou-se campeão da SuperSport Escola e vencedor da prova beneficiado de uma punição a Raphael Motta (#65), da Dezero Racing, que disputava o título com ele. Motta acabou a prova na terceira colocação.

 

Confira os resultados das corridas deste domingo:

 

SUPERBIKE – 1ª CORRIDA


1) 51-Eric Granado


2) 28-Pedro Sampaio


3) 41-Maximiliano Gerardo

4) 17-Danilo Lewis


5) 260-Matheus Barbosa

 

SUPERBIKE – 2ª CORRIDA


1) 51-Eric Granado


2) 28-Pedro Sampaio


3) 17-Danilo Lewis


4) 41-Maximiliano Gerardo


5) 260-Matheus Barbosa

 

SBK EXTREME – 1ª CORRIDA


1) 146-Rodrigo Dazzi


2) 56-Julio Fortunato


3) 23-Danilo Viveiros


4) 832-Mauriti Junior


5) 33-Marcelo Skaf


SBK EXTREME – 2ª CORRIDA

1) 56-Julio Fortunato


2) 146-Rodrigo Dazzi


3) 832-Mauriti Junior


4) 23-Diego Viveiros


5) 33-Marcelo Skaf

 

SBK EVOLUTION


1) 34-Bruno Corano


2) 33-Juliano Ferrante


3) 28-Pablo Flores Nunes


4) 25-Fabio Pitta


EVO 1000cc – 1ª CORRIDA


1) 93-André Veríssimo


2) 186-Felipe Comerlatto


3) 274-Eduardo Nascimento


4) 25-Carlos Fuzza


5) 74-Sergio Prates

 

YAMALUBE R3 CUP


1) 36-Kaywan Freire


2) 14-João Vitor Carneiro


3) 12-Humberto Turquinho


4) 39-Enzo Valentim


5) 72-Yeray Ruiz


COPA HONDA CBR 500R


1) 90- Raphael Ramos


2) 88- Fábio Florian


3) 62- Fábio Florian


4) 91- Luiz Henrique “Luizinho”


5) 711- Mario Nicoli


HONDA JUNIOR CUP


1) 14-João Teixeira


2) 64-Saulinho Filho


3) 22-Brayann Ligeirinho


4) 17-Matheus Oliveira


5) 69-Raul Cerciari

 

 

 

Share on Facebook
Please reload

capa_bike_231_novembro19.png
capa_dirt_290_novembro19.png
capa_guiadirt_fev19.png
revista_mockup_guia-bike.png
ASSINATURA DIGITAL MA SITE.jpg
CasaFernandes_Sportec_M5_300x250.gif
capa_moto_147_novembro19.png
banner-assineja.jpg
banner-anuncie.jpg
Arroba_banner_300x250px_scooter.jpg